A classificação de despesas corporativas influencia diretamente no fluxo de caixa do seu negócio

Saber como classificar as despesas corporativas é parte fundamental para o desenvolvimento de um bom planejamento financeiro. O grande problema é que até mesmo os gestores mais experientes ainda encontram algumas dificuldades com o processo, cometendo alguns erros básicos, mas que podem trazer uma série de adversidades futuras e influenciar diretamente no fluxo de caixa da empresa. 

Portanto, nesse momento, o que você pode fazer para diferenciar o seu negócio dos demais é ter conhecimento e controle sobre o assunto. Além disso, utilizar novas tecnologias de gestão, como o software de gestão de despesas corporativas da Clara, também pode ajudar bastante no processo.

E não precisa se preocupar, pois no decorrer deste artigo explicaremos, de forma descomplicada, como você pode classificar suas despesas corporativas e usufruir de todos os benefícios proporcionados por nosso software, melhorando o seu planejamento financeiro e, como consequência, garantindo ótimos resultados em todos os setores do seu negócio.

Despesas e custos corporativos

Antes de entender como classificar as despesas corporativas, é interessante saber como elas se diferenciam dos custos corporativos, para que não haja qualquer confusão relacionada ao assunto. Isso porque, apesar de diferentes, seus conceitos são extremamente parecidos. Entretanto, um está relacionado aos gastos com o produto e o outro com a administração.

Note que as despesas são todos os gastos utilizados, seja de forma direta ou indireta, para gerar receita. Já os custos remetem aos gastos diretamente relacionados à produção do produto ou prestação do serviço fornecido por sua empresa. Para facilitar a compreensão de todos, vamos exemplificar, listando alguns exemplos de despesas e custos. Para começar, vamos falar das despesas corporativas, que podem ser: 

  • Compra de material de escritório;
  • Reembolso corporativo;
  • Gastos provenientes de viagens corporativas.

Já os custos corporativos são: 

  • Salário pago pela mão de obra do colaborador;
  • Matéria prima do produto final;
  • Manutenção e locação das instalações;
  • Logística para entregas;
  • Insumos produtivos.

As despesas podem ser administrativas ou operacionais. Além disso, tanto elas quanto os custos podem ser classificados em fixos ou variáveis, como veremos mais adiante em nosso artigo.

Como classificar as despesas e os custos corporativos?

Agora que já destacamos as principais diferenças entre as despesas e os custos corporativos, está na hora de você entender como classificá-los. Como destacado, as despesas podem ser administrativas ou operacionais. 

As administrativas não estão diretamente ligadas à produção, mas sim à operação geral da companhia. A contratação de um funcionário é uma despesa administrativa, por exemplo. Já as operacionais são todas aquelas essenciais para que a empresa pratique sua atividade principal, como o pagamento de tributos.

Além disso, as despesas, assim como os custos, podem ser fixas ou variáveis. Em ambos os casos, os pagamentos fixos são todos aqueles que independem do resultado mensal da sua companhia. Já os variáveis são dependentes da atividade mensal da empresa, sendo calculados mês a mês, de acordo com as vendas e horas de produção. Por exemplo, geralmente o aluguel é um gasto fixo, enquanto uma conta de água ou luz é um gasto variável.

Por fim, é preciso destacar que existem as despesas regulares e as extraordinárias. No primeiro caso, estão incluídas todas as despesas do seu negócio que já são esperadas, como o salário e até mesmo a própria locação do espaço. Já as despesas extraordinárias são aquelas inesperadas e imprevisíveis como a manutenção de algum equipamento ou uma multa recebida por sua empresa. 

Qual é a importância da classificação de despesas e custos corporativos para o seu negócio?

A classificação das despesas e custos corporativos é muito importante pois traz mais organização para o sistema financeiro da sua empresa, possibilitando a elaboração de um planejamento financeiro de qualidade, o que tende unicamente a beneficiar o seu negócio. 

Isso possibilita que o departamento de finanças da empresa consiga visualizar com mais clareza o cenário macro e micro de tudo o que acontece com o ativo. Sendo assim é possível identificar falhas ou possibilidades de aprimoramento em diversos setores, corrigindo ou refinando essas questões da melhor maneira possível.

Utilize a tecnologia para classificar as despesas e custos corporativos do seu negócio

Como pudemos observar, classificar os custos e despesas corporativas do seu negócio é muito importante para o sistema financeiro, influenciando diretamente em todos os setores da sua empresa. Logo, você deve estar se perguntando qual é a melhor maneira de realizar essa classificação corretamente. E aqui na Clara nós temos a solução perfeita para você.

Isso porque um dos nossos principais serviços disponibilizados é um software de gestão financeira, que além de extremamente eficaz, é bastante simples e intuitivo. Ele pode automatizar todos os processos necessários, dispensando a necessidade de qualquer procedimento manual, o que traz muito mais agilidade para a classificação dos gastos corporativos. Para isso, basta você definir as classificações existentes, configurando a ferramenta da forma que desejar e ajustando ela às suas necessidades. Se deseja testar o serviço basta clicar aqui. A adesão é totalmente gratuita.